fevereiro 05, 2006

Grande Sporting.


Sr. Alves, está é que é a sua equipazita do campeonato do Sporting? Abra os olhos homem, ontem levou um banho de bola aqui na capital que só pecou por escasso o resultado de 1-0.

Excelente exibição da equipa Leonina.

Momentos:
21.ª jornada
Estádio José Alvalade, Lisboa
Árbitro: Lucílio Baptista (Setúbal)

SPORTING
Ricardo; Abel, Polga, Tonel e Caneira; Custódio, Carlos Martins e João Moutinho; Sá Pinto, Deivid e Liedson


Suplentes: Nélson, Hugo, Koke, Miguel Garcia, Nani, Romagnoli e João Alves
Treinador: Paulo Bento


NACIONAL DA ILHA
Diego Benaglio; Patacas, Ávalos, Ricardo Fernandes, Emerson e Alonso; Bruno, Chainho e Juliano Spadacio; Alexandre Goulart e André Pinto

21:17 - Início do encontro sai o Sporting com a bola.
16' - João Moutinho combina com Deivid e arranca do lado esquerdo. Entra na área a toda a velocidade e atira ao poste direito de Diego Benaglio.
28' - Carlos Martins está lesionado no relvado e tem de ser assistido.
30' - Carlos Martins tem mesmo de abandonar, de maca, o relvado. Para o seu lugar entra NANI.
39' - Nani marca o pontapé de canto na direita. Liedson atira por cima, já com Diego batido. Muito perigo para a baliza madeirense.
44' - Cruzamento de Sá Pinto e Nani, na área, cabeceia para uma boa defesa de Diego Benaglio. O remate saiu à figura, mas levava muita força.
45'+1' - Caneira desmarca Sá Pinto na área, mas o capitão leonino atira contra Ricardo Fernandes.
20:05 - Intervalo.
51' - GOLO DO SPORTING, por CANEIRA.Jogada do ataque leonino no seguimento de um livre, com a bola a chegar aos pés de Liedson, que assiste Caneira para um remate certeiro que só parou no fundo da baliza da Nacional.
68' - Boa oportunidade para o Sporting. Liedson remata por cima do alvo.
71' - Remate de Sá Pinto após jogada do ataque leonino. A bola erra o alvo.
73' - Sá Pinto volta a tentar a sorte, desta feita depois de uma jogada individual. Sem sucesso...
76' - Sá Pinto volta a pegar no jogo. Desta vez deixa para João Moutinho, que remata contra um adversário.
77' - Melhor jogada do Nacional até ao momento. Entendimento pela direita com a bola a ficar à mercê de Alexandre Goulart, que remata em jeito por cima do alvo.
80' - CARTÃO VERMELHO para ALEXADRE GOULART, depois de receber o 2º amarelo, após falta sobre Sá Pinto.
88' - Mais um remate de Nani, por cima da baliza à guarda de Diego.
21:11 - FINAL DA PARTIDA

Os Melhores...

Abel - 6
Uma das melhores unidades leoninas, aproveitando com inteligência a disposição táctica do Nacional. Não se escondeu, assumiu-se no seu flanco, e aos 11' surgiu bem posicionado na área, mas optou pela assistência quando podia tentar o remate. Tudo isto, sem descurar as funções defensivas. Em alta.

Caneira - 6
Marcou o golo do Sporting (51') com um remate fantástico, de fora da área, colocando a bola rasteira junto ao poste mais distante. Um momento de inspiração do camisola 12, que no restante se destacou pela certeza nas intervenções defensivas.

João Moutinho - 7
Aos 16' arrancou pelo flanco esquerdo, deixou três adversários para trás, e já dentro da área tentou a sorte, mas o remate saiu junto à base do poste. Um lance que serve de exemplo para ilustrar a energia que o camisola 28 deixou em campo, com movimentações constantes, que colocam a equipa a jogar em alta rotação.

Liedson - 7
Sofreu uma marcação impiedosa de Ávalos, num duelo sul-americano onde argentino e brasileiro mostraram argumentos. Procurou libertar-se, fugiu para as laterais e abriu linhas de passe, como aquela que está na origem do golo leonino (51'). Um compasso de espera magistral do baiano, que aguardou a progressão de Caneira para lhe endossar a bola. Não marcou, mas mostrou alto nível de confiança.

Nani - 6
Ainda não sabe gerir tamanha parafernália de recursos, pois se o soubesse o resultado podia ter sido mais dilatado. Aos 86', com Moutinho sozinho dentro da área, optou pelo remate deixando o colega à beira de um ataque de nervos, o que atesta bem aquilo a que nos referimos. À margem de alguma falta de objectividade, há a registar um bom remate de fora da área (32'), um cabeceamento em zona frontal (45') e um passe soberbo que deixou Deivid só com Diego pela frente.

Sá Pinto - 8
Aos 33 anos, a vontade de vencer, aliada à forma como "ataca" cada partida, fazem-no parecer um miúdo que se estreia nos grandes palcos. Correu todo o terreno de jogo, travou uma luta intensa com Chainho, ofereceu um golo a Nani (45') e esteve perto de marcar por três vezes. Não o conseguiu, é verdade, mas a forma como, aos 72', arrancou em direcção à baliza de Diego, deixando três adversários para trás, é digna de registo. Não pára um segundo, e no lance do golo leonino, ainda com Nani estatelado no chão, marcou de imediato a falta surpreendendo o posicionamento da defesa madeirense. Um capitão de classe.

2 comentários:

Mac Adriano disse...

Parabéns ao Sporting e permite-me juntar o U. Leiria aos festejos.

Intervencionista disse...

Claro que sim... viva o Sporting e o Leiria :)